segunda-feira, janeiro 04, 2010

Referenciação de deposição ilegal de resíduos no Concelho de Santo Tirso no âmbito do PLP

Já estão referenciadas algumas lixeiras provenientes de deposição ilegal de resíduos no Concelho de Santo Tirso, os trabalhos para o PLP começam a mostrar frutos!
Parte das lixeiras encontradas já se encontram devidamente referenciadas no seguinte link, que leva a todas as lixeiras referenciadas em Portugal até ao momento.
Referenciação de Deposição Ilegal de Resíduos


A zona de Covelas e da Serra já foram todas elas palmilhadas e registadas, tendo-se encontrado um número menor que o esperado encontrar, cerca de 20 lixeiras dentro do nosso Concelho!

Também já foram percorridos alguns caminhos da zonas de Burgães, Monte Córdoba, Santa Cristina Couto, São Tiago da Carreira, Monte da Nossa Senhora da Assunção e Monte do São João do Carvalinho.
Destes locais foram registados na totalidade cerca de 25 lixeiras, contudo ainda vários percursos faltam percorrer.

Vamos percorrer os nossos caminhos para referenciar as lixeiras, para que no dia 20 de Março, no DiaL se possa promover a sua recolha.


Por norma as lixeiras não se encontram muito recolhidas no interior das matas, estão junto de estradões, poucos metros depois de se entrar na mata, normalmente com bons acessos, por isso fácil de referenciar, basta pegarmos no nosso transporte particular e fazer uns poucos Kms nessas zonas.






Deixo agora aqui umas fotos de lixeiras que me deixaram particularmente preocupado pela afectação e impacte que tem para com o meio Ambiente e Ecossistema envolvente. Os lixiviados produzidos por estes resíduos são altamente poluentes, estão a contaminar os solos e os aquíferos, e em grandes concentrações podem causar danos agudos e mesmo crónicos a quem contactar com eles sem as devidas precauções!
Este é aquele tipo de resíduo que não iremos recolher no DiaL por ser considerado resíduo perigoso, a sua localização será transmitida a entidades competentes para que possam efectuar a sua correcta remoção.





Um comentário:

José António Miranda disse...

Da iniciativa "Limpar Portugal" terão que nascer lixeiras gratuitas, organizadas pelas Câmaras e de fácil acesso, para que este estado do País não volte a acontecer! Óptimo "post".